SEJA FELIZ ღ ƬhataLyScal ღ : Fevereiro 2010
Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Bem Vindos!!! Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ

sábado, 27 de fevereiro de 2010

3D - Desenho no chão - Por Edgar Mueller.



Leia mais...

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

DESCANSA...


Quando a tempestade chegar à tua vida...
Descansa no Senhor e lembra-te...
Que Deus quebra todas as barreiras...
E que Jesus é a chave para a solução de todos os problemas.


Se Deus alimenta os pássaros...
O que não fará por ti...
Que és a “menina dos Seus olhos”?


A tua vida é preciosa para Deus!
Mesmo que andes pelo vale da sombra da morte...
Não temas, porque Ele está contigo...
Tocando em tua vida... consertando o vaso quebrado...iluminando os teus caminhos.


Alimenta-te da Palavra de Deus... e bebe da Sua fonte.
Faz a tua parte, porque...
Com Cristo no teu barco... tu nunca estarás só!


“E esta é a confiança que temos Nele: que, se pedirmos alguma coisa segundo a sua vontade, ele nos ouve.”
(I João 5,14)


“E eis que sobreveio no mar uma grande tempestade, de sorte que o barco era varrido pelas ondas.
Entretanto, Jesus dormia. Mas os discípulos vieram acordá-lo, clamando:- Senhor, salva-nos! Perecemos!Perguntou-lhes, então, Jesus:
- Por que sois tímidos, homens de pequena fé?
E, levantando-se, repreendeu os ventos e o mar; e fez-se grande bonança.
”(Mateus. 8,24 -26)

Deus abençoe a tua vida!

-Autor Desconhecido-

Leia mais...

Nesta Imagem Você Não Vê
Só Leonardo Da Vinci...

Leia mais...

SOLIDÃO...


"Solidão não é a falta de gente para conversar, namorar, passear ou fazer sexo... Isto é carência!

Solidão não é o sentimento que experimentamos pela ausência de entes queridos que não podem mais voltar... Isto é saudade!

Solidão não é o retiro voluntário que a gente se impõe, às vezes para realinhar os pensamentos... Isto é equilíbrio!

Solidão não é o claustro involuntário que o destino nos impõe compulsoriamente... Isto é um princípio da natureza!

Solidão não é o vazio de gente ao nosso lado... Isto é circunstância!

Solidão é muito mais do que isto...

SOLIDÃO é quando nos perdemos de nós mesmos e procuramos em vão pela nossa alma."

-Fátima Irene Pinto{Escritora e Poetisa}-

Leia mais...

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

3D - Desenho no chão - Por Julian Beever.

Leia mais...

sábado, 20 de fevereiro de 2010

À PROCURA DA FELICIDADE...

Um homem não conseguia encontrar a felicidade em lugar nenhum.
Um dia ele resolveu sair pelo mundo à procura da felicidade.
Fechou a porta da sua casa e partiu com a disposição de percorrer todos os caminhos da terra até encontrar o lugar de ser feliz.
Aonde chegava reunia um grupo a quem explicava os planos que tinha para ser feliz.
Afirmava que seus seguidores seriam felizes na posse de regiões gigantescas, onde haveria montes de ouro.
Mas o povo lamentava e ninguém o seguia. No dia seguinte novamente partia.
Assim, foi percorrendo cidades e cidades, de país em país, anos a fio.
Mas um dia percebeu que estava ficando velho sem ter encontrado a felicidade.
Seus cabelos tingiam-se de branco, suas mãos estavam enrugadas, suas roupas esfarrapadas, os calçados aos pedaços.
Além disso, estava cansado de procurar a felicidade, tão inutilmente.
Enfim, depois de muito andar, parou em frente de uma casa antiga.
As janelas de vidro estavam quebradas, o mato cobria o canteiro do jardim, a poeira invadia quartos e salas.
Ele olhou e pensou que ali, naquela casa desprezada e sem dono, ele construiria a sua felicidade: arrumaria o telhado,
colocaria vidro nas janelas, pintaria as paredes, cuidaria do jardim. "Vou ser feliz aqui” disse ele.
E o homem cansado foi andando até chegar à porta.
Quando entrou, ficou imóvel, perplexo!
Aquela era a sua própria casa, que ele abandonou há tantos anos à procura da felicidade.
Então ele compreendeu que de nada tinha adiantado dar a volta ao mundo, pois a felicidade estava dentro da própria casa e ele não tinha percebido.


Quantas vezes estamos a procura da felicidade que é Deus e está ao nosso lado
e nem percebemos?

-Autor Desconhecido-

Leia mais...

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

ILUSÃO-PERSPECTIVA MALUCA!

Leia mais...

A Cenoura,o Ovo ou o Café?
Com qual deles você se compara?


Uma filha se queixou ao pai sobre a vida, que estava muito difícil. Ela já não sabia mais o que fazer e queria desistir.
Estava cansada de lutar e seguir em frente. Parecia que quando um problema estava resolvido, um outro surgia.

Calmamente, seu pai, que era um talentoso e sábio “chef”, levou-a até a cozinha. Encheu três panelas com água e colocou cada uma delas em fogo alto.

Logo a água começou a ferver. Em uma, ele colocou cenouras; em outra, ovos; na última, pó de café. Deixou que tudo fervesse, sem dizer uma palavra.

A filha deu um suspiro e esperou impacientemente, imaginando o que ele estaria fazendo.

Cerca de vinte minutos depois, ele apagou o fogo. Retirou as cenouras e depositou-as numa tigela. Com cuidado, pegou os ovos e deixou-os em outra tigela

Então pegou o café com uma concha e despejou-o numa xícara. Virando-se para ela, perguntou:

– Querida, o que você está vendo?
– Cenouras, ovos e café, ela respondeu.

Ele a trouxe para mais perto e pediu-lhe para experimentar as cenouras. Ela obedeceu e notou que as cenouras estavam macias. Então, pediu-lhe que pegasse um ovo e o quebrasse.

Ela obedeceu. Depois de retirar a casca, verificou que o ovo endurecera com a fervura. Finalmente, ele lhe pediu que tomasse um gole do café. Ela sorriu ao provar seu aroma delicioso. Ela perguntou humildemente:

– O que isto significa, pai?

Ele explicou que cada um deles havia enfrentado a mesma adversidade, água fervendo, mas que cada um reagira de maneira diferente...

A cenoura entrara forte, firme e inflexível. Mas depois de ter sido submetida à água fervendo, ela amolecera e se tornara frágil.

Os ovos eram frágeis. Mas sua casca fina protegia a clara e a gema. Mas depois de terem sido colocados na água fervendo, seu interior se tornou mais rijo.

O pó de café, contudo, era incomparável. Depois que fora colocado na água fervente, ele havia mudado a água.

– Qual deles é você?, perguntou o pai a filha.

Quando a adversidade bate à sua porta, como você responde?

Você é como uma cenoura, um ovo ou um pó de café?

-Autor desconhecido-

Leia mais...

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

3D - Desenho no chão - Por Julian Beever.

Leia mais...

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Celebração da VIDA
Celebre sua Vida Todos os Dias!!!


"Abra um sorriso, espalhe a paz, divida a felicidade que ela vai se multiplicar em sua vida."

O mais fácil mesmo é se entregar, é cair no choro, é desesperar. O mais fácil é se arrebentar noite afora na insônia das horas que martelam a cabeça cheio de pensamentos vazios e destrutivos.O mais fácil é reclamar de Deus, é se acusar: foi eu que errei sim. Acuse-se, xingue-se, desacredite-se, reclame, fale mal de você, chore mais....destrua-se.
A dor é sua, a vida nem tanto, existem pessoas que acreditam em você e esperam mais de suas atitudes.. O mais fácil ainda é aceitar tudo que te acontece.
É duro lutar, é duro viver de bem com você mesmo se você não está nem acreditando na sua capacidade de reagir.
É duro conviver com você algumas horas quando você fica nesse estado de desânimo. Nem você se agüenta, fica louquinho para sumir, para desaparecer. Fala sério, qual o seu medo?
Porque será que você tem tanto medo de ser feliz, de ser rico, de possuir tudo que sonhas e tem real desejo?
Porque você se limita tanto?
Porque se acusa tanto?
Porque se cobra tanto?
A vida é abundância, é completamente rica e cheia de surpresas, é complexa na maneira como acontece, mas é extremamente simples de se viver, nós é quem complicamos tudo com nossos medos, nossas falsas expectativas, nossos sonhos malucos. Esperamos muito de pessoas que não merecem.
Esperamos muito de concursos, de loterias, de planos furados, fugimos da realidade, e fatalmente uma hora a realidade vem a tona e nos chama a atenção.
Porque caímos de novo? Mas, me diga afinal: do que você tem tanto medo?
Porque manter-se nessa casca de vítima, de infeliz, de coitadinho de Maria?
Assuma sua parte no Universo que é tão grandioso, tão repleto de belezas. Você cheio de carinho, de amor para distribuir e fica parado a espera de um "trem que já passou"???
Acorda, hoje é o dia.
Hoje é seu momento.
Ontem morreu, fedeu e já está guardado nas páginas do que não volta mais.
Amanhã eu nem sei se estaremos aqui para ver como ficou.
Então levanta de sua posição cômoda de "quem se julga injustiçado" e vá a luta.
Vai buscar a sua quota de felicidade, mas sem pedir, você não é mendigo, você é parte do Universo e já pode exigir a sua melhor porção.. Liga agora para todos os amigos e diz : "Vamos festejar:
Eu estou vivo e quero comemorar!"

Graças a Deus que você esta vivo e pode comemorar comigo!
Celebremos a vida!!!

-Paulo Roberto Gaefke-

Leia mais...

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Ilusão-Você consegue ver
um índio e um esquimó?

Leia mais...

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

A TIGELA DE MADEIRA

Um senhor de idade foi morar com seu filho, nora e o netinho de quatro anos de idade.
As mãos do velho eram trêmulas, sua visão embaçada e seus passos vacilantes.
A família comia reunida à mesa. Mas, as mãos trêmulas e a visão falha do avô o atrapalhavam na hora de comer.

Ervilhas rolavam de sua colher e caíam no chão.
Quando pegava o copo, leite era derramado na toalha da mesa.
O filho e a nora irritaram-se com a bagunça.
- Precisamos tomar uma providência com respeito ao papai - disse o filho.
- Já tivemos suficiente leite derramado, barulho de gente
comendo com a boca aberta e comida pelo chão.
Então, eles decidiram colocar uma pequena mesa num cantinho da cozinha. Ali, o avô comia sozinho enquanto o restante da família fazia
as refeições à mesa, com satisfação.

Desde que o velho quebrara um ou dois pratos, sua comida agora era servida numa tigela de madeira.
Quando a família olhava para o avô sentado ali sozinho, às vezes
ele tinha lágrimas em seus olhos.
Mesmo assim, as únicas palavras que
lhe diziam eram admoestações ásperas quando ele deixava um talher ou comida cair ao chão.
O menino de 4 anos de idade assistia a tudo em silêncio.

Uma noite, antes do jantar, o pai percebeu que o filho pequeno
estava no chão, manuseando pedaços de madeira.
Ele perguntou delicadamente à criança:

- O que você está fazendo?

O menino respondeu docemente:

- Oh, estou fazendo uma tigela para você e mamãe comerem,
quando eu crescer.
O garoto de quatro anos de idade sorriu e voltou ao trabalho.

Aquelas palavras tiveram um impacto tão grande nos pais que eles
ficaram mudos.
Então lágrimas começaram a escorrer de seus olhos.

Embora ninguém tivesse falado nada, ambos sabiam o que precisava
ser feito.
Naquela noite o pai tomou o avô pelas mãos e gentilmente
conduziu-o à mesa da família.
Dali para frente e até o final de seus dias ele comeu todas as
refeições com a família.
E por alguma razão, o marido e a esposa não se importavam mais
quando um garfo caía, leite era derramado ou a toalha da mesa sujava.

-Cláudio Seto-

Leia mais...

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

3D na Parede / Por John Pugh.

Leia mais...

Amar??? ♥♥ AMAR!!! ♥♥ A-M-A-R...


Amar é conhecer a própria alma...

Saber que faz parte do mundo

E que mesmo parecendo tão pouco

Ganhou um presente profundo


Amar é ter a alma livre

Cheia de sentimentos

É passar por provações

E entender o aprimoramento


Amar é ao lapidar a alma

Encontrar um lindo diamante

É usar dessa riqueza

Para fazer feliz o semelhante


Amar é ceder refúgio

Mesmo com a alma apagada

É compreender quem vê o seu tudo

E não consegue enxergar nada.

-Raquel Donegá-

Leia mais...

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Ilusão-Parece que todos os círculos
estão girando lentamente....

Leia mais...

terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

TRIBUTO Á UM CÃO...
Uma história real...

Este tributo foi apresentado ao juri pelo ex-senador George G. Vest (então advogado), que representou o agricultor Charles Burden,o proprietário do cão que chamava-se Old Drum morto à tiros, propositadamente, pelo vizinho.
O fato ocorreu em 23 de setembro de 1870 cidade de Warrensburg, Missouri nos Estados
Unidos da América.

O senador ganhou o caso e hoje existe uma estátua do cão na cidade e seu discurso está inscrito na entrada do tribunal de justiça.
Foi nesta ocasião que surgiu a frase:
O cão é o melhor amigo do homem...


"...O mais altruísta dos amios,o único absoluto,amigo desinteressado que um homem pode ter neste mundo egoísta, aquele que nunca o abandona e nunca mostra ingratidão ou deslealdade, é um cão".
"Senhores jurados, o cão permanece com seu dono na prosperidade e na pobreza, saúde e na doença.
Ele dormirá no chão frio, onde os ventos invernais sopram e a neve se lança impetuosamente.

Quando só ele estiver ao lado de seu dono, ele beijará a mão que não tem alimento à oferecer, ele lamberá as feridas e as dores que aparecem nos encontros com a violência do mundo.
Ele guarda o sono de seu pobre dono como se fosse um príncipe. Quando todos os amigos o abandonarem, o cão permanecerá.
Quando a riqueza desaparece e a reputação se despedaça, ele é constante em seu amor como o sol na sua jornada através do firmamento.

Se a fortuna arrasta o dono para o exílio, o desamparo e o desabrigo,o cão fiel pede o privilégio maior de acompanhá-lo,para lutar contra seus inimigos.
E quando a última cena se apresenta,a morte o leva em seus braços e seu corpo é deixado na laje fria,não importa que todos os amigos sigam seu caminho:
lá ao lado de sua sepultura se encontrará seu nobre cão, a cabeça entre as patas, os olhos tristes, mas em atenta observação, fé e confiança mesmo à morte".
-George G. Vest-

Leia mais...

Selo excellent:

Este selo dá, a cada blogueiro, o reconhecimento do seu valor.

excellent
Ganhei da amiga Serenissíma do Blog:
http://poeticaecotidiana.blogspot.com/
*No dia do meu aniversário:30/01/2010.*